EEMOP

 

Sobre o Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto - EEMOP

 

      O evento, com abrangência nacional, congrega professores e futuros professores que ensinam Matemática, pós-graduandos e pesquisadores em Educação Matemática, assim como diretores e gestores de instituições educacionais. Desta forma, proporciona o intercâmbio de resultados de pesquisas, experiências educacionais e informações que visam a inovação e a melhoria do ensino e da aprendizagem da Matemática em todos os níveis de Educação.

       Regional Minas Gerais da Sociedade Brasileira de Educação Matemática. O primeiro evento de Educação Matemática de escopo regional realizado em Ouro Preto aconteceu em dezembro de 1998. Foi uma iniciativa de um grupo de professores que deu origem à organização da Educação Matemática em Minas Gerais. O evento foi denominado Encontro Mineiro de Educação Matemática (I EMEM) e teve como saldo maior a criação da SBEM–MG (Sociedade Brasileira de Educação Matemática, Regional Minas Gerais). No ano seguinte, 1999, aconteceu a primeira edição do Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto.

 

 

 

        VI Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto – Promovendo Educação Matemática para todos

 

       A organização da sexta edição do Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto (EEMOP) consolidou a colaboração interinstitucional entre a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e o Instituto Federal de Minas Gerais- Campus Ouro Preto (IFMG-OP), iniciada no V EEMOP, valorizando nossos múltiplos laços em torno da Educação e da Educação Matemática. Além disso, o VI EEMOP integrou às suas atividades as atividades do VIII Encontro de Ensino e Pesquisa de Ouro Preto (EEPEM) que ocorre, anualmente, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática. Os dois eventos que tradicionalmente acontecem na UFOP, em espaços temporais diferenciados, cada um com as suas características particulares e ao mesmo tempo relacionadas, colocam em relevo iniciativas e atividades da Educação Matemática.
Foram 307 participantes entre Professores/Pesquisadores, Alunos de graduação e pós-graduação e Profissionais da educação básica oriundos de 16 estados da federação (Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Bahia, Paraíba, Maranhão, Piauí, Mato Grosso, Pará, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Goiás, Rondônia, Distrito Federal e Roraima)
Dentre as atividades podemos destacar as apresentações de comunicações científicas, relatos de experiência, pôsteres, minicursos. A palestra de abertura foi proferida pela professora Dra. Siobhan Victoria Healy (Lulu Healy) da UNIAN. A mesa redonda intitulada História da Matemática, História da Educação Matemática e História da Matemática na Educação Matemática, foi composta pelos professores Dra. Bernadete Morey (UFRN), Dra. Maria Laura Magalhães Gomes (UFMG), Dra. Marger da Conceição Ventura Viana (UFOP) e Dr. Moysés Gonçalves Siqueira Filho (UFES). Duas palestras simultâneas, intituladas As linguagens e a Matemática na Educação Básica e Uma proposta de Educação Financeira para a sala de aula de Matemática foram proferidas, respectivamente, pelos professores Dra. Eliane Scheid Gazire (PUC-Minas) e Dr. Amarildo Melchíades da Silva (UFJF). Todas essas atividades propiciaram intercâmbio de resultados de pesquisas e experiências educacionais e grande debate sobre a prática da sala de aula. Esse intercâmbio, ao mesmo tempo em que propicia a divulgação dos resultados de pesquisas fazendo com que estas sejam levadas aos docentes em exercício e professores em formação, alimenta a própria pesquisa na medida em que a experiência e a prática de sala de aula também são discutidas.
Como o VI EEMOP integrou as atividades do VIII EEPEM na programação, houve uma ampla divulgação, na forma de minicursos, dos produtos educacionais produzidos por mestres, recém-formados, do Mestrado Profissional em Educação Matemática da Universidade Federal de Ouro Preto e de instituições parceiras. Dessa forma foi possível um debate sobre a pesquisa realizada no Programa entre os participantes dos minicursos e a divulgação da mesma aos professores e futuros professores de Matemática. Esse tipo de atividade contribui para que sejam atingidos os objetivos dos Mestrados Profissionais, fazendo com que os conhecimentos produzidos na academia cheguem à sala de aula e, ao mesmo tempo, que a experiência e avaliação dos participantes sobre as atividades propostas contribuam para a pesquisa nos Programas.
Um caderno de resumos com todas as atividades realizadas foi disponibilizado na página do evento e uma versão impressa foi distribuída aos participantes. Para conter os anais do evento foi elaborado um CD interativo com todos os trabalhos completos aprovados em um processo rigoroso de avaliação duplo cego. O CD intitulado: Anais do VI Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto (ISSN: 2317-5176) foi distribuído a todos os participantes do evento. Além disso, este Cd e o caderno de resumos estão disponíveis na página do Programa de Pós-graduação em Educação Matemática da Ufop http://www.ppgedmat.ufop.br seguindo a sequência PROGRAMA->EVENTOS-.EEMOP

 

CADERNO DE RESUMOS - Clique aqui

 

              EEMOPcartaz                 EEMOP-foto 01 EEMOP-foto 02EEMOP-foto 03

 

 

        V Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto – Educação Matemática na sala de aula: Múltiplos olhares sobre a prática pedagógica

        O V Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto (V EEMOP) foi realizado entre os dias 16 e 18 de maio de 2013, dando continuidade aos Encontros de Educação Matemática de Ouro Preto. A organização da quinta edição do Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto (EEMOP) inaugurou uma colaboração interinstitucional entre a Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e o Instituto Federal de Minas Gerais - campus Ouro Preto (IFMG - OP), consolidando nossos laços em torno da Educação Matemática. Neste ano foram integradas as atividades do IV Encontro de Ensino e Pesquisa em Educação Matemática (IV EEPEM), que tem periodicidade anual. Ambos EEMOP e EEPEM, que buscam colocar em relevo iniciativas e atividades da Educação Matemática, são realizações do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Universidade Federal de Ouro Preto. Foram 414 inscritos, com participantes de 17 estados do Brasil mostrando um carácter nacional do evento. A Palestra de abertura foi proferida por Marcelo de Carvalho Borba (UNESP) e tratou a presença de tecnologias na educação, provocando questionamentos a respeito do que será a sala de aula do futuro.

 

Marcelo Test2

 Marcelo Borba - UNESP

Dos 130 trabalhos submetidos, 89 foram aceitos, sendo 38 comunicações científicas e 51 relatos de experiências. Foram realizados quatorze minicursos ministrados por mestres do curso de Mestrado Profissional em Educação Matemática da UFOP. 

 EEMOP 02

 Minicurso

Além disso, houve palestras e mesas redondas. O evento foi apoiado pelo Regional de Minas Gerais da Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM) com apoio financeiro pelo CAPES e pela FAPEMIG.

   

          IV Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto – Tendências da Educação Matemática e Prática Docente

        O IV EEMOP foi realizado em 2009. Houve, em 2007, o intuito de estabelecer o EEMOP como evento bienal, mas neste ano foram realizados dois eventos de Educação Matemática nacionais em Minas Gerais: o IX Encontro Nacional de Educação Matemática e a V Conferência Nacional de Modelagem Matemática. O IX ENEM, organizado pela SBEM-MG (julho de 2007, em Belo Horizonte) e a V CNMEM (novembro de 2007, em Ouro Preto, apoiada pela UFMG e pela UFOP) que contou com a equipe de Educação Matemática da UFOP para a organização local. Não havia espaço no calendário de 2007 e nem fôlego para preparar e realizar um evento em 2008, ainda mais com os trabalhos que envolveram a criação do Mestrado Profissional em Educação Matemática na UFOP. Assim, o IV EEMOP aconteceu nos dias 16 e 17 de abril de 2009. Os objetivos do EEMOP foram ampliados: promover o intercâmbio de experiências e conhecimentos na área da Educação Matemática; divulgar resultados de pesquisas realizadas no âmbito da Educação Matemática; impulsionar o desenvolvimento da pesquisa em Educação Matemática; estimular o intercâmbio de experiências em sala de aula nos distintos graus educacionais; fomentar o uso e a elaboração de materiais didáticos e difundir os aportes que as Tecnologias da Informação oferecem à Educação Matemática. A comissão organizadora, sob a presidência da professora Marger da Conceição Ventura Viana, foi composta pelo corpo docente do Mestrado Profissional em Educação Matemática. A Comissão científica diversificou-se, com o apoio de pesquisadores de outras instituições mineiras, como a UFJF, UFOP, PUC-MG, UFMG. Os anais do evento foram registrados em CD com o número ISBN: 978-85-288-0259-7 e a chancela da Editora da UFOP. Aconteceram diversas mesas redondas, conferências, comunicações científicas, relatos de experiência e minicursos, totalizando cerca de 80 apresentações, 13 pesquisadores convidados e contou com mais de 400 participantes. O evento foi apoiado financeiramente pela FAPEMIG.

 

          III Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto A Educação Matemática para o exercício da cidadania

        O terceiro encontro, III EEMOP, ocorreu em 2005. Como os anteriores, teve como objetivo principal possibilitar o intercâmbio de experiências, pesquisas e projetos, em torno da Educação Matemática, nos diferentes níveis do sistema educacional. O evento, originalmente programado para acontecer em 2003, foi adiado devido à realização do III EMEM em Belo Horizonte nesse mesmo ano. Assim, o III EEMOP aconteceu nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro de 2005, com o tema: “A Educação Matemática para o exercício da cidadania”, tendo contado com a participação do Prof. Dr. Ole Skovsmose, da Universidade de Copenhague – Dinamarca como palestrante. Foi realizado pelo Departamento de Matemática da UFOP e pelo NIEPEM. Foi coordenado pela professora Marger Viana e contou com 14 pesquisadores convidados de diversas universidades brasileiras. Os anais do evento foram registrados em um CD com o número ISBN 986001. Aconteceram quase 80 sessões, entre mesas redondas, conferências, comunicações científicas, relatos de experiência, minicursos e pôsteres. O III EEMOP teve mais de 400 participantes, contou com o apoio da SBEM-MG e recebeu financiamento pela FAPEMIG.

 

         II Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto         

         O II EEMOP, realizado nos dias 23 e 24 de novembro de 2001, reuniu quase quatrocentas pessoas. Nesse Encontro, os trabalhos, em sua maior parte, foram apresentados por estudantes das UFOP e Belo Horizonte, porém houve participação de pesquisadores de outros estados, destacando-se os alunos da UNESP - Rio Claro com suas comunicações científicas. Os objetivos eram: promover o intercâmbio de ideias e projetos na área de Educação Matemática; propiciar o aprofundamento de discussões relevantes à área e reunir professores de Matemática dos Ensinos Fundamental, Médio e Superior, estudantes de licenciatura em Matemática, mestrandos e doutorandos, para troca de experiências, trabalhos e pesquisas em Educação Matemática. Nessa segunda edição, embora de forma artesanal, foram impressos os Anais do Evento. Os conferencistas estavam vinculados, em sua maior parte, à UFOP e à UFMG. A equipe organizadora foi composta por professores do Departamento de Matemática da UFOP e do Núcleo Interdisciplinar de Estudo e Pesquisa em Educação Matemática (NIEPEM), sob a coordenação da professora Marger Viana.

 

          I Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto            

      O I Encontro de Educação Matemática de Ouro Preto - EEMOP - foi realizado em dezembro de 1999, para dar continuidade aos trabalhos de organização da Educação Matemática em Minas Gerais e à ideia de organização da SBEM Regional. Foi um evento restrito, porém teve cerca de trezentos participantes. Participaram pesquisadores, professores de Matemática da Educação Básica e estudantes dos cursos de Licenciatura em Matemática de Ouro Preto, Belo Horizonte e até mesmo de outros estados. Tanto no I EMEM quanto no I EEMOP, a quase totalidade dos trabalhos apresentados veio de autores de outros estados brasileiros, devido à incipiência da Educação Matemática em Minas Gerais na época. Assim, o EEMOP, embora regional, nasceu com certo caráter nacional. As inscrições tiveram valores simbólicos para que os alunos do Curso de Matemática e os professores da Educação Básica tivessem condições de participar. Não houve ajuda financeira externa e, assim, não houve condições para a impressão dos Anais. Foi uma perda, pois as palestras, mesas redondas, comunicações científicas, minicursos e oficinas foram excelentes.

 

 

Você está aqui: Home Programa Eventos EEMOP